SEJAM BEM VINDOS AO BLOG "DONA MOCINHA DO BRASIL"


"Dona Mocinha do Brasil" A LOJA

Na loja física DONA MOCINHA DO BRASIL temos peças artesanais de várias regiões do Brasil, em barro, madeira, ferro, tecido, fibra, tear, cabaça, marchetaria, cerâmica pintada a mão e ... muito mais!!!
Também peças decorativas para jardins e varandas e p
eças decorativas e utilitárias para a sua casa.

Rodovia Bunjiro Nakao Km 46,3 - sentido Ibiúna - no estacionamento do Império do Milho, a 700 metros da Rod. Raposo Tavares - Vargem Grande Paulista, logo após Cotia.


ABRIMOS AS SEXTAS, SÁBADOS, DOMINGOS E SEGUNDAS das 12:00 h às 19:30 horas.
FECHADO AS TERÇAS, QUARTAS E QUINTAS - p/ reposição de mercadoria.

Se tiver dúvidas me ligue, Audeni 15 98102-4215 Tim whatsapp, OU 11 99873-9101 Vivo whatsapp.
Ou mande e-mail:

audenisilva@gmail.com

LOCALIZADOR

LOCALIZADOR
VEJA COMO CHEGAR NA LOJA, É MUITO FÁCIL!

TRANSLATE

quarta-feira, 9 de junho de 2010

O DESABAFO - PARTE I

É o DESABAFO PARTE I porque pelo visto terão vários!!!

Montei este blog p/ divulgar a loja e falar do universo que gostamos, nos alegra e nos faz feliz.

Descobri que posso ir além disto, falando e alertando p/ fatos do nosso dia-a-dia.

Algumas vezes me acho um "azarão", "parece que tudo só acontece comigo!"
Descobri que não é só comigo, o que me "anima" a falar destes fatos, para servir de alerta a outras pessoas.

Esta semana pagamos uma parcela de um financiamento atrasada e devido a uma divergência entre o valor calculado pelo banco e a empresa cobradora, esta não conseguia localizar o pagamento efetuado e ai ... começou uma série de ligações e torpedos cobrando.
Com o comprovante de pagamento na mão, informei a atendente da companhia cobradora que o pagamento fora efetuado, a mesma solicitou que enviasse cópia via fax ou e-mail.
O agravante é que não temos fax, nem tão pouco scanner, e ainda moramos em zona rural de uma pequena cidade do interior de São Paulo.
Argumentei que informaria os números constantes no comprovante e ela poderia rastrear o pagamento, ainda assim ela insistia precisar do comprovante, caso contrário o titular - no caso meu marido - o nome iria para o serviço de proteção ao crédito!!!
Mas oras, eu paguei - numa das agências do próprio banco que fez o financiamento - e estou com o comprovante na mão e ainda sou ameaçada de "sujarem" o nome!!!
Resumindo, tive de ligar ao serviço de ouvidoria do banco - claro que só fui atendida depois de uns 45 minutos e muita paciência - expliquei meu caso e reclamei do procedimento da empresa cobradora.
Mas me pergunto: eu precisava passar por tudo isto???
Eu paguei, tenho o comprovante comigo!!!
E o tempo que perdi?, e se não tenho um telefone fácil, como faço???, meu marido já ficou tão estressado que queria ir até a cidade e pedir favor sei lá p/ quem passar o fax, ou seja, rodaria cerca de 30 km para isto, alguém perguntou se podíamos, se tínhamos condições físicas ou financeiras para isto???
Fatos como este devem ser corriqueiros, já tentaram reclamar em alguma companhia de telefonia?, parece que estamos falando com máquinas, "senhora, nosso procedimento é este, infelizmente não posso fazer nada, mas vou anotar sua reclamação!!!""
Oras bolas, então porque não colocar um robô p/ dialogar com os clientes???

Penso o que faz uma pessoa de idade ou com baixa instrução para reclamar de uma mercadoria ou produto?, acho que não faz né???

O que tem de sobra por ai é pessoal despreparado trabalhando direto com o público, hoje se pede diploma de faculdade para tudo - vão começar a pedir p/ faxineira curso superior de administração em limpeza - e se troca experiência por canudos, e pior canudos sem nenhum conteúdo, de faculdades de esquina.

Pergunto, o que faremos para mudar isto?, parece uma nova tendência das empresas, o atendimento pós-compra inexiste.

E que DEUS nos proteja!!!

Nenhum comentário: